BLOG

A Presença da Liderança Feminina no Mundo Corporativo


08/06/2022 Édila Tais

Passamos recentemente pela data comemorativa do “Dia das Mães”, pensei que fosse importante refletirmos sobre  os  desafios  profissionais  que  as  mulheres enfrentam no mercado de trabalho e, principalmente, nos cargos de liderança. Pois, estes desafios fazem parte do nosso cotidiano.

A presença de lideranças femininas nas empresas e no setor público é algo que ainda precisa percorrer um longo caminho para chegar ao ideal. A ascensão feminina tem avançado em função das discussões sobre a igualdade de gênero no mercado, bem como a iniciativa de empresas  que estão se posicionando para o alcance desse quesito. No entanto, as mulheres ainda recebem salários menores do que os homens e foram altamente afetadas pelo desemprego e pela sobrecarga de trabalho na crise da covid-19.

A atuação  da  liderança  feminina  é  acolhida  e  reconhecida  com  diversas vantagens na ocupação de cargos superiores, trazendo benefícios não só para os negócios, mas também para o mercado corporativo, contribuindo para uma sociedade mais justa. Os talentos das mulheres são nítidos, e as empresas que aparecem no mercado atualmente – em sua maior parte – indicam que as mulheres possuem habilidades que estão quase que sob medida para o perfil procurado em um líder gestor.

As mulheres buscam  conhecimento  contínuo, conferindo a preparação necessária para assumir as responsabilidades exigidas pelo cargo, quebrando barreiras de preconceito diariamente. Elas têm essa disposição de estar sempre com a atenção voltada ao aprendizado.

Além da busca pela equidade, outro desafio presente no dia-a-dia da mulher no mercado de trabalho é a administração do tempo necessário que cada responsabilidade requer.
Para isso, é preciso aprender a priorizar, focar e investir em um tempo de qualidade. Não são raras as vezes em que a mulher precisa conciliar vários papéis de atuação: profissional, empresária, mãe, esposa, filha, irmã, entre tantos outros.

Para  harmonizar  a  vida, os  sonhos  profissionais  e  pessoais, torna-se necessário desenvolver  e  formar  uma  rede  de  apoioSão muitas agendas sob sua responsabilidade e cabe a ela saber formar, delegar e contar com pessoas de confiança para apoiá-la nesta linda jornada. Pois, as mulheres, ao assumirem posições no trabalho, não precisam escolher entre a família e a carreira.

Outro  ponto  comum  e  tão  desafiador  entre  a  carreira  e  a  vida  pessoal  é  a necessidade de encontrar equilíbrio emocional. Trabalhar a mentalidade para entender que nem sempre será possível dar conta de tudo e que vai haver imperfeição e frustração. Aprender a ver os erros como um momento de aprendizagem, não como  fracasso.  Parar e  pensar  o  que  não  deu  certo  e  como  pode  ser  feito diferente.  Isso exige  mais  paciência,  menos  impulsividade  e,  principalmente, menos culpabilidade.

Reconhecer a existência desses obstáculos é o primeiro passo para saber como superá-los e, assim, conseguir realizar os seus sonhos na carreira e ainda abrir o caminho para que outras mulheres tenham um espaço cada vez mais seguro e justo no mercado de trabalho.

Outro importante passo é agregar seu aprendizado como MÃE para a carreira profissional.  Afinal, mães são  mulheres  fortes,  resilientes,  com  um  alto senso de urgência, bem como organizadas, multitarefas e ágeis na tomada de decisão.

Acredito muito na liderança feminina e na potência que temos como mulheres, de gerar novas perspectivas, de trazer prosperidade  para as empresas onde atuamos ou que construímos.

Há algo que é imprescindível lembrar: não são as habilidades que revelam o que é a liderança feminina. São as nossas escolhas diárias. Quais escolhas você, mulher líder, mulher empreendedora, está fazendo?  Quais propósitos você tem buscado nas suas escolhas diárias?

Talvez nossa  maior  escolha  esteja  bem  expressa  nas  palavras  de  Marlene Cohen  em  seu  livro  “Como  escalar  montanhas  de  salto  alto?”  (2009).  “A executiva brasileira se mostra significativamente indiferente ao poder, ela não quer mandar, como o homem; quer ter a capacidade de influenciar as pessoas, de ser reconhecida como sábia, sensata, capaz, quer ser um modelo”

Leia Também: Resolução de problemas: por que as soluções são tão difíceis?

Voltar


NEWSLETTER
Inscreva-se para receber:

    Faça o teste e descubra o nível de engajamento da sua equipe.

    Escola E3

     

      CONTRATE
      NOSSAS SOLUÇÕES

      Endereço
      Rua Serra de Botucatu, 878/880 – Conjunto 1604
      Vila Gomes Cardim – São Paulo/SP
      CEP: 03317-000

      Contato Comercial
      (11) 3132-8262
      (11) 94574-5234
      (11) 98136-3938

      E-mail
      atendimento@escolae3.com.br